POLÍTICA É ARTE, SE PROMOVER FAZ PARTE

Acredito que muitos já viram este filme:

Estrelado por Brad Pitt, a superprodução Tróia conta uma grande história de amor. A personagem principal é Helena, a mais bela mulher da Grécia. Os homens queriam se casar com ela. A formosa escolheu Menelau, rei de Esparta. Um dia, o casal recebeu a visita de Páris, príncipe de Tróia. Assim que viu a anfitriã, hóspede se apaixonou. Bolou um plano para ficar com a rainha. Quando Menelau foi dar uma voltinha, ele o pôs em ação. Raptou a rainha e a levou para Tróia. Na época, gregos e troianos eram amigos. Mas, com o rapto, viraram inimigos. Menelau reuniu todos os príncipes gregos, que convocaram os soldados, que juntaram a população e partiram de navio para Tróia.
Quando chegaram, cadê? Não conseguiam entrar de jeito nenhum. A cidade era cercada por muralhas altas e grossas. E só tinha uma entrada. A guerra começou para forçar a passagem. Dez anos se passaram. E nada. Os gregos chegaram a uma conclusão. Só com esperteza venceriam os troianos. Mandaram Sínon, o traidor, propor a paz. E presentearam os troianos com um cavalo de madeira.
Encheram a barriga dele de guerreiros. Quando o quadrúpede entrou, os soldados destruíram Tróia. Passada a confusão, Menelau reencontrou Helena. Ela continuava a mais bela entre as belas. Ele a levou de volta pra casa. Da guerra, nasceu a expressão ‘‘agradar a gregos e troianos’’. É o mesmo que agradar a Deus e ao diabo. Não dá.

Agora vejam esta notícia (abaixo) e deduzam se agradará a “gregos e troianos”, ou agradará mais aos “troianos” do que aos “gregos”.

Foi aprovada recentemente mais uma iniciativa do deputado estadual Pastor Waldir Agnello: a Lei nº 12.937/08, que cria o Dia da Igreja do Evangelho Quadrangular no Estado de São Paulo. Segundo o parlamentar, representante oficial da instituição na Assembléia Legislativa de São Paulo, a medida visa garantir o reconhecimento do poder público estadual ao brilhante trabalho que a Igreja realiza para a sociedade, sendo também uma forma de homenagear seus líderes e membros, um contingente estimado em quinhentas mil pessoas só no Estado de São Paulo. A data escolhida pelo parlamentar e aprovada pelas Comissões Temáticas da Assembléia Legislativa e do Governo do Estado, foi o dia 15 de novembro – a mesma do registro de sua fundação – e que agora passa a constar no Calendário Oficial de Comemorações do Estado de São Paulo. Não por acaso, a atitude de Agnello vai ao encontro de uma recomendação do Conselho Nacional de Diretores da instituição quadrangular, presidido pelo Deputado Federal, pastor Mário de Oliveira, para que os 57 anos da igreja no Brasil sejam comemorados das mais diversas formas – entre os dias quinze de outubro e quinze de novembro deste ano – no projeto chamado “Mês Quadrangular“.

Não há causa sem efeito nem proposta sem propósito. Agradar quinhentos mil eleitores quadrangulares, só no Estado do São Paulo, é uma tacada de mestre; ainda mais num ano eleitoral como este de 2008, em que ganhos obtidos a nível de eleições municipais, gerará dividendos para 2010, quando teremos eleições gerais (para: presidente, governadores, deputados estaduais/federais e senadores).

Por outra, por que não haver um Dia Estadual da Igreja do Evangelho Quadrangular?!… (o ideal seria haver um dia nacional, ou melhor ainda, um dia mundial)… se existe dia do boi, dia dos solteiros, dia da velocidade, dia do compreensão mundial, dia do DETENTO, dia do turista, dia universal de Deus, dia do papa, dia da pizza, dia do motociclista, dia da televisão, dia do disco (dia do cd ainda não tem), dia do planeta terra, dia das abelhas, dia da natureza, dia do cão, dias das aves, dia da natureza, dia do contador de histórias, dia do cacau, dia da mentira, dias dos animais, dia do consumidor, dia do telefone, dia do enfermo, dia dos adultos, dia da saudade, dia mundial do mágico, dia de Iemanjá, dia do zelador, dia do office-boy, dia do jovem e também Dia do Diácono; uma Lei Estadual, para o Estado de São Paulo, que se comemora em Primeiro de Maio, de autoria do mesmo pastor quadrangular e deputado estadual Waldir Agnello.

Demais datas comemorativas, o(a) amado(a) irmão(ã) leitor(a), poderá conferir no site: http://www.arteducacao.pro.br/comemorativas.htm

e caso a vossa igreja ainda lá não esteja incluída, pressione o seu pastor, para que este venha a pressionar o seu deputado e a sua igreja não fique de fora desta lista.

Vida e Paz.

VIGILANTE DA FÉ