Imagem inline 1

São Paulo – O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, disse que vai entrar na justiça contra a revista Forbes para “ferrar esses caras”. Na semana passada, Malafaia e outros pastores evangélicos “multimilionários” foram tema de reportagem da publicação norte-americana que listava o patrimônio de cada um e mostrava a fé como um “negócio altamente lucrativo” no Brasil.

Malafaia defende que seus bens somam 6 milhões de reais e não 150, como apontou estimativa da reportagem.

As declarações foram dadas à coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Ou seja, segundo o pastor, sua fortuna chegaria a apenas 4% do divulgado pela reportagem, que, por sua vez, alega basear-se em números da imprensa brasileira e, em alguns casos, do Ministério Público e da Polícia Federal.

“Vivo de renda voluntária. Eles me prejudicaram. (O fiel) vê aquilo e pensa, ‘ih, não vou (dar o dízimo), tá me roubando”, disse ao jornal.

***

Se indignado e irado ficou Silas Malafais, indignados (porém não irados) ficam todos aqueles cristãos evangélicos conhecedores e observantes da palavra de Deus pela reação do pastor, pois ele está reagindo segundo a carne e não pelo espírito; pois as escrituras sagradas assim dizem:

– Porque as obras da carne são manifestas: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,…
Gálatas 5, vs, 19,20

Significado de:
– porfia: discussão, disputa
– ira: raiva, cólera, fúria
– peleja: briga, desavença, disputa, rixa

“Vou ferrar esses caras.”  em oposição Ao Que diz:

“Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam.”
“ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra…” ;
“E, como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira lhes fazei vós também.”
Lucas, 6 vs. 28, 29 e 31
***

“Vivo de renda voluntária. Eles me prejudicaram”. (assim disse o pastor)

Essa afirmação é típica de quem está lamentando a perda, ou queda, de renda que ainda nem ocorreu (embora possa ocorrer) e denota que a preocupação maior do pastor é com a renda e os dízimos dos fiéis que podem minguar.

Que falta de confiança e fé na palavra de Deus, assim revela o pastor Silas quando disse a frase acima, em oposição ao texto bíblico que declara estas palavras de Jesus:

– Por isso vos digo: não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo quem haveis de beber, nem pelo vosso corpo pelo que haveis de vestir…
Mateus 6, vs. 19 e versículos a seguir até o 34.

Lamentável que estejamos vendo líderes cristãos agindo como se cristãos não fossem. O fascínio pelo vil metal cega-lhes o entendimento e lhes encobre a razão.

    Em suma:  UM TREMENDO MAU EXEMPLO.
Anúncios